Ameaças cibernéticas: como mitigar riscos e proteger as operações em um mundo de rápida convergência?

No artigo de hoje, você pode conhecer medidas que devem ser tomadas para mitigar riscos e garantir o perfeito funcionamento das operações empresariais. Confira!

Nos últimos anos, tecnologias disruptivas e emergentes têm oferecido novos recursos, automação facilitada e hiperconvergência operacional às organizações de todos os tamanhos e setores. Por outro lado, também é possível observar um crescimento significativo das ameaças cibernéticas, que colocam em risco a continuidade de muitas empresas.

Inclusive, a pandemia da COVID-19 foi um dos fatores que tornou a cibersegurança ainda mais crítica na atualidade.

De fato, a implementação acelerada de rotinas de trabalho remoto aumentou significativamente a dependência de ferramentas digitais nas empresas. A falta de um planejamento de segurança envolvendo pessoas, processos e ferramentas de proteção adequadas resultou em dados alarmantes:

  • No Brasil, entre abril e maio, ocorreram mais de 1,6 bilhão de ataques cibernéticos, segundo a Kaspersky.
  • De acordo com o mesmo levantamento, os ataques a ferramentas que permitem o acesso remoto tiveram um aumento de 333% no mesmo período.
  • Outro levantamento realizado pela mesma empresa aponta que Brasil é líder em organizações atacadas por ransomware durante a pandemia.

Vale ressaltar que o crescimento das ameaças cibernéticas não é algo momentâneo que cessará ao final da pandemia da COVID-19. Em verdade, esse é um dos grandes desafios da era de dados e uma consequência natural do processo de transformação digital.

Conforme os ecossistemas empresariais se tornam mais complexos, interconectados e lidam com mais informações, a exposição à superfície de ataques se torna mais ampla. Ao mesmo tempo, tende a haver mais lacunas de segurança a serem exploradas por cibercriminosos.

Nesse cenário, apenas uma abordagem holística entre pessoas, processos, tecnologia e governança podem fornecer a proteção necessária contra as ameaças cibernéticas.

A seguir, você pode conhecer medidas que devem ser tomadas para mitigar riscos e garantir o perfeito funcionamento das operações empresariais. Confira!

  1. Invista em treinamento e conscientização

De fato, o elo mais fraco em um ecossistema de segurança de TI é o usuário. Por isso, grande parte das ameaças cibernéticas contam com a participação humana, direta ou indiretamente.

Um click em um link indevido, um download de um anexo malicioso ou mesmo uma visita a um site não confiável são ações capazes de comprometer qualquer sistema de proteção.

Ou seja, mesmo que você esteja investindo em ferramentas de monitoramento e proteção de última geração, não poderá ter certeza sobre a segurança cibernética se sua equipe não souber os fundamentos das possíveis ameaças.

Logo, é vital investir em treinamento e conscientização de seus colabores, para que eles fiquem cientes sobre as principais ameaças cibernéticas, como identificá-las, o comportamento e ações que devem ser evitados, etc.

  1. Mapeie seus riscos

Para que uma empresa consiga implementar uma estratégia eficaz para mitigar riscos, antes de mais nada, ela precisa realizar uma investigação para conhecer as vulnerabilidades às quais ela é suscetível.

Ou seja, é preciso fazer uma mapeamento completo de processos, realizar testes de invasão voltados à sua realidade. Dessa forma, você consegue definir e implementar soluções sob medida para o seu negócio, levando em conta as especificidades de sua operação.

Nem sempre a solução mais popular do mercado é adequada para a sua realidade. As melhores ferramentas de proteção para a sua empresa são aquelas que mitigam os riscos associados às suas atividades.

  1. Adote soluções eficazes de acesso remoto

O trabalho remoto é, sem dúvidas, uma das grandes tendências do mercado de trabalho mundial.

Por isso, as empresas precisam implementar soluções que permitam adotar essa estratégia de forma funcional e segura.

Nesse cenário, o uso de VPNs (redes privadas virtuais) é essencial para ajudar a sua empresa a se proteger de ameaças cibernéticas.

No entanto, apesar de funcional, as VPNs, sozinhas, não são suficientes para garantir a segurança dos dados.

Logo, é necessário implementar uma estratégia que seja adequada à sua empresa, levando em consideração as aplicações utilizadas e sua operação como um todo. Somente assim é possível implementar uma estratégia adequada para mitigar os riscos inerentes ao seu negócio.

  1. Implemente um firewall adequado

Um firewall de qualidade é uma ferramenta indispensável para uma rede empresarial. Ele é sua primeira linha de defesa contra as ameaças cibernéticas.

É um sistema de segurança que não apenas monitora, mas também controla o tráfego de rede de entrada e saída com base em regras de segurança predeterminadas.

Um firewall pode detectar facilmente se algum dado está sendo roubado de sua rede e também pode interromper processos não-usuais que estejam acontecendo em seu sistema.

Essa versatilidade e eficiência faz com que a escolha do firewall seja um ponto crítico em sua estratégia de segurança digital.

Atualmente, os firewalls gerenciados despontam como a melhor solução para as empresas, uma vez que contam com maiores possibilidades de customizações. Ou seja, ele é personalizado para atender às necessidades de sua operação.

Por isso, essa modalidade de firewalls apresenta níveis mais elevados de proteção contra ameaças cibernéticas, além de oferecer opções de recuperação de dados.

  1. Adote as tecnologias adequadas para evitar a perda e/ou vazamento de dados

Atualmente as empresas possuem uma série de tecnologias que ajudam a proteger as suas operações contra as ameaças cibernéticas. Sem dúvida, a Computação em Nuvem figura entre as principais soluções nesse quesito.

No entanto, não trata-se apenas de migrar para a nuvem. É muito importante que você adote uma estratégia que faça sentido para sua operação e que ofereça níveis de segurança aprimorados, além de um bom retorno sobre o investimento.

Além disso, é importante proteger sua rede e infraestrutura local, para que sua segurança na nuvem não seja comprometida.

  1. Conte com assessoria especializada contra ameaças cibernéticas

Para proteger as operações da sua empresa contra ameaças digitais é necessário investir em diferentes frentes.

Logo é muito importante que cada investimento seja feito de forma consciente e assertiva para atingir o nível de segurança desejável, gastando apenas o necessário.

Nesse sentido, contar com a assessoria de uma empresa especializada faz toda a diferença.

Por ter profunda vivência em estratégias de mitigação de riscos, uma assessoria de qualidade será capaz de identificar todos os riscos presentes em sua operação e orientá-lo sobre quais as soluções mais adequadas para  proteger os seus dados.

Se você deseja implementar uma estratégia de segurança eficaz contra ameaças cibernéticas, conte com os serviços da Netcenter.

Nossos profissionais altamente capacitados estão à sua disposição para ajudá-lo a identificar os riscos, proteger a sua operação e gerenciar a segurança da sua empresa de forma adequada.

Clique aqui e entre em contato conosco agora mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *