Cloud Híbrida: por que muitas empresas ainda falham?

As estratégias baseadas em Cloud híbrida estão em ascensão. Segundo pesquisa realizada pela MarketsandMarkets, o mercado global desse modelo de computação em nuvem deve movimentar US$ 97,6 bilhões até 2023, o que representa um aumento de 17% em comparação a 2018.

A base de um modelo de Cloud híbrida é a combinação de infraestruturas de nuvem pública e privada que permitem que as cargas de trabalho se movam entre os dois ambientes interconectados.

Essa mobilidade oferece às organizações maior flexibilidade e agilidade em suas opções de implantação de dados, além de oportunidades de redução de custo.

No entanto, muitas empresas ainda estão falhando ao tentar implementar esse modelo de computação em nuvem. Confira as principais causas a seguir!

Planejamento inadequado

O planejamento incorreto dos serviços em nuvem resulta em requisitos de dimensionamento e contratos de serviço incompatíveis com a realidade das empresas.

Além disso, pode levar a uma ineficiência operacional e um descontrole dos gastos, o que vai contra um dos principais objetivos da migração para esse modelo.

Para não incorrer nesse tipo de problema, sua empresa precisa, primeiramente, de uma estratégia de migração. Nela, é preciso definir quais aplicações e serviços serão migrados, para qual ambiente de nuvem e o porquê.

Além disso, é essencial definir como ocorrerá a integração entre os sistemas on-premise, sua nuvem privada e as aplicações e serviços em nuvem pública.

Também é importante pensar em estratégias de como dimensionar seu ambiente em nuvem para realmente atender aos SLAs exigidos pelo seu negócio.

Subestimação de habilidades e recursos necessários

Muitas pessoas subestimam o esforço e o tempo necessários para migrar de um serviço de TI clássico para a nuvem, bem como o gerenciamento de dados e aplicações nesse novo ambiente.

Para alcançar a Cloud híbrida robusta, funcional e econômica, as empresas precisam encontrar o modelo de TI ideal, integrando nuvem, serviço de Internet e soluções internas.

Isso indica a necessidade de ferramentas apropriadas e profissionais qualificados para lidar com as novas demandas ou contratações de parceiros para implementar e dar o suporte necessário.

Falta de gerenciamento adequado de custos

Ao adotar uma Cloud híbrida, é preciso entender que seus custos se tornam despesas operacionais. Ou seja, você é cobrado regularmente e, geralmente, apenas pelos que usa.

Dessa forma, é normal que ocorra variação de seus gastos de um mês para o outro. Por isso, é crucial monitorar e definir estratégias eficazes para controlar seus custos.

Se você estiver usando o tipo de instância errado para o trabalho, deixando as instâncias em execução ociosas ou armazenando dados incorretamente, estará desperdiçando dinheiro.

Além disso, é importante escolher os provedores que disponibilizam o melhor custo-benefício. Para isso, é preciso analisar o método de cobrança, as políticas de descontos e uma série de outros fatores.

Finalmente, é preciso dimensionar os recursos de acordo com as necessidades de seu negócio. Muitos provedores oferecem a possibilidade de reserva de instâncias que, em determinados casos, podem resultar em grandes economias.

Por outro lado, se sua empresa não calcular com precisão os recursos necessários, pode acabar pagando por recursos que não serão utilizados.

Negligência com a segurança

A Cloud híbrida oferece às empresas controle crucial sobre seus dados. No entanto, muitas organizações tomam outras importantes decisões, tais como escolha de fornecedores e arquitetura, antes de considerar seriamente a segurança e a conformidade.

Isso, dentre outras coisas, pode levar a um ambiente de TI vulnerável e ineficaz em termos de segurança da informação.

A proteção de dados deve ser parte integrante do planejamento estratégico de migração e nortear todas as escolhas das empresas nesse processo. Algumas questões importantes que devem ser consideradas, são:

  • Em termos de proteção de dados, quais as minhas responsabilidades e quais as dos meus provedores de nuvem?
  • Onde os dados confidenciais serão armazenados?
  • Como proteger os dados sensíveis em trânsito e em repouso?
  • Existem restrições de conformidade sobre onde os dados podem ser armazenados?
  • O provedor de nuvem possui algum conhecimento nos requisitos de conformidade do seu setor?

Falta de experiência com Cloud Híbrida

A Cloud híbrida possui grandes vantagens, sendo a flexibilidade e nível de controle e customização algumas das mais relevantes.

Por outro lado, esse modelo de Computação em Nuvem requer um certo conjunto de habilidades operacionais e de integração que as organizações podem não ter quando estão acostumadas a executar tudo internamente.

Várias pesquisas citaram a falta de experiência como talvez o maior desafio para uma implementação eficaz da nuvem híbrida.

Nesse sentido, é essencial contar com a assessoria de empresas especializadas, que podem ajudá-lo não somente neste quesito, mas em todos os outros apresentados aqui.

A Cloud Híbrida é uma ótima solução para organizações que desejam usufruir dos benefícios da Nuvem e buscam equilibrar controle, flexibilidade e segurança.

Se você escolher essa rota, é preciso fazer o possível para não incorrer em erros que o levarão a uma ineficiência operacional, problemas de segurança e custos desnecessários.

Nesse sentido, você pode contar com a ajuda da Netcenter. Nosso propósito é capacitar as empresas com as melhores tecnologias e serviços de nível empresarial, colocando todo nosso esforço e conhecimento para garantir que você faça correta aplicação desses recursos em seu negócio.

Entre em contato agora mesmo e descubra como podemos ajudá-lo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *