Aprenda como melhorar a Segurança de Dados da sua empresa

A segurança de dados é um ponto crítico da rotina do gestor de TI, especialmente neste cenário turbulento, em que até mesmo empresas com infraestrutura de ponta têm sido alvo dos cibercriminosos. Mas com as práticas e ferramentas tecnológicas certas, é possível reduzir as ameaças e garantir mais proteção aos dados da sua organização.

Para melhorar a segurança de dados da sua empresa, fique atento às nossas dicas e coloque-as em prática o mais rápido possível.

Tenha servidores seguros

Adquira servidores robustos dos melhores fabricantes e faça a renovação do parque tecnológico em intervalos planejados para que a sua empresa não perca a garantia dos equipamentos — e fique vulnerável a perder todos os dados.

A segurança dos servidores também depende de softwares e equipamentos adicionais atualizados, que compõem mecanismos de segurança de dados. Esses mecanismos de segurança servem para:

  • Bloquear invasões e acessos indevidos a dados: firewall, detector de intrusões e gateway;
  • Rastrear vírus e malwares que danificam ou apagam os dados: antivírus;
  • Emitir alertas sobre falhas técnicas no datacenter: equipamentos de telemetria;
  • Evitar a perda de dados: nobreak, analisador de tráfego e backup;
  • Bloquear a leitura de dados por pessoas não autorizadas: software de criptografia.

A atualização dessas ferramentas é importantíssima para evitar ataques cibernéticos, pois resultam na melhora dos dispositivos de segurança com a incorporação de novas tecnologias.

Utilize conexão segura

A rede privada virtual (rede VPN) é um dos melhores investimentos que a sua empresa pode fazer, pois garante a conexão segura ponto a ponto sem que haja acesso de pessoas não autorizadas. O custo-benefício desse serviço é extremamente compensador, já que eleva o patamar de segurança dos dados.

Tenha segurança jurídica

Se a sua empresa utiliza serviços gerenciados de TI, SaaS (Software como serviço), IaaS (Infraestrutura como serviço), PaaS (Plataforma como serviço) e interage com outros fornecedores de TI, é importante incluir uma cláusula de sigilo no contrato celebrado. Ela serve para conferir segurança jurídica para sua organização e evitar vazamento ou roubo de dados que fiquem acessíveis a esses fornecedores em razão do vínculo contratual estabelecido.

Além dos seus fornecedores, também os seus colaboradores devem assumir o compromisso de manter o sigilo das informações, assinando um termo de confidencialidade. Saiba que algumas empresas foram surpreendidas com o vazamento de dados realizado por seus próprios colaboradores, então todo cuidado é pouco.

Tenha um plano de recuperação de desastres

Mapear todas as possibilidades de vulnerabilidade da segurança e elaborar um plano de recuperação de desastres é fundamental para agir preventivamente e garantir a continuidade dos recursos de TI, mesmo diante de situações adversas.

A segurança de dados depende de fatores físicos (hardware), virtuais (software), naturais (enchentes, terremotos e outros eventos) e humanos (comportamento das pessoas). Quanto melhor a sua empresa controlar esse mix de fatores, mais bem-sucedida será em preservar e proteger os dados e informações do negócio e terá maior tranquilidade para concentrar esforços na geração de valor para seus clientes — e lucro para seus investidores.

Acompanhe nosso blog para saber mais sobre TI e deixe seu comentário!

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.