Saiba o que é o Ransomware e proteja-se

Saiba o que é o Ransomware e proteja-se

 

De forma sucinta, um ransomware é um tipo de vírus que invade o sistema, impede que o usuário acesse seus arquivos e exige um pagamento para a liberação destes. Apesar das variações existentes, a ideia desse malware sempre segue essa linha.

Definitivamente, é um dos tipos de vírus mais temidos por causa da maneira pela qual atinge os usuários. A seguir, falaremos mais a respeito do problema, além de importantes formas de se prevenir. Acompanhe!

O que é?

O ransomware é um tipo de vírus que, ao entrar em ação, trava a tela do computador e, após impedir que o usuário tenha acesso aos arquivos ali existentes, exibe uma mensagem exigindo um pagamento para que os arquivos sejam descriptografados e liberados novamente.

Como funciona?

Há vários meios de um ransomware invadir um sistema, como se passar por um antivírus, por exemplo. Além disso, usa a engenharia social como forma de atingir os usuários, fazendo-os clicar em links com propagandas ou avisos que demonstram urgência, além de arquivos maliciosos recebidos via e-mail, fornecendo acesso ao computador ou dados de contas.

Logo após ser infectado, o sistema exibe um aviso de tela inteira que impede que os usuários utilizem o computador até que o valor de resgate seja pago. Essa tela também exibe instruções sobre como as vitimas devem efetuar o pagamento e, em alguns casos, um tempo limite para essa operação. Apesar disso, fazer o pagamento não garante a liberação dos arquivos afetados.

Como posso manter a minha empresa protegida?

Um ransomware é um problema intimidador e que realmente pode trazer prejuízos. Por se tratar de um tipo de malware sofisticado, o ransomware exige que empresas invistam em um planejamento de segurança bem estabelecido e eficaz. E mais: que invistam no treinamento de seus time de analistas.

Como proceder?

Separamos algumas das estratégias para prevenir desse perigo aos seus negócios, e que são essenciais para qualquer plano de segurança eficiente:

Antivírus

O primeiro passo é empregar uma ferramenta de antivírus corporativo realmente eficaz, que permita um gerenciamento centralizado, com uma visão holística de possíveis ameaças, criando regras capazes de se estender para todos os computadores da empresa.

Firewall

É essencial contar com uma ferramenta que gerencie os dispositivos relacionados à rede e que seja capaz de diagnosticar eventos e incidentes de segurança. E não basta apenas selecionar e implantar um firewall. Mais do que isso, é preciso desenvolver um monitoramento contínuo dos dados registrados por ele, afinal, essas informações são vitais para detectar comportamentos atípicos na rede, realizar análises de tráfego, etc.

Políticas de acesso definidas

Dentro de uma empresa, é importante que o acesso dos usuários ocorra de acordo com as suas posições dentro da corporação, com o seus papéis e com as tarefas que desempenham no ambiente corporativo.

Por isso, acessos privilegiados devem ser monitorados constantemente e, em alguns casos, bloqueados.

  • Cheque as extensões dos arquivos: é típico que ransomwares afetem os computadores por meio de arquivos com extensões como PDF e EXE. O Windows os reconhece e oculta as extensões. Assim, o vírus se disfarça de arquivo PDF para que o usuário pense ser um documento. A dica é deixar ativado o recurso de exibir as extensões de todos os arquivos, facilitando a checagem.
  • Desative o RDP: ransomwares do tipo Criptolocker/Filecoder geralmente têm como alvo computadores que possuem Remote Desktop Protocol (RDP) ativado. É um recurso do Windows que possibilita o acesso remoto. Caso o RDP não seja necessário na máquina, pode-se desativar esse recurso e prevenir-se de ataques que utilizam o RDP.

 

Treinamento e orientação para os usuários

É importante saber que mais do que estabelecer políticas de segurança, é preciso treinar a sua equipe de colaboradores e guiar os usuários. Assim, eles saberão as melhores práticas e não se tornarão uma porta de entrada para as vulnerabilidades ao acessarem links duvidosos.

É preciso orientar a todos para sempre examinarem seus e-mails: ao abrir mensagens cuja origem não foi verificada, é importante conferir com o remetente anunciado se aquela mensagem realmente foi enviada por ele.

Além disso, nunca dê permissão aos usuários para acesso administrativo às suas máquinas, pois isso impede que softwares ou dispositivos duvidosos tenham acesso à rede da empresa.

Faça backup regularmente

A ação mais importante e efetiva é realizar regularmente um backup de todos os arquivos importantes do sistema. Assim, ainda que projetos iniciados recentemente se percam, todo o resto estará disponível, evitando maiores prejuízos à empresa.

Também é importante pensar a respeito do local definido para o backup. Alguns ransomwares também criptografam arquivos de dispositivos externos e até da nuvem, de forma que é necessário ter atenção a esses drives. A grande recomendação aqui é desconectar o drive externo logo após realizar o backup, impossibilitando o vírus de atingi-lo.

 

Mantenha os softwares atualizados

Os criminosos dão preferência a softwares com falhas conhecidas, tornando mais fácil a exploração da vulnerabilidade. Assim, há uma menor chance de ser infectado quando se trabalha com sistemas atualizados.

Anti-ransomware: essa é uma ferramenta de verificação específica dessas ações maliciosas em tempo real. Para manter a sua segurança, é importante ter uma proteção em todos os estágios da agressão, vedando o ataque nos endpoints e nos servidores, bloqueando a tentativa de acesso aos seus arquivos e detectando e impedindo encriptações e modificações não autorizadas de dados. Dessa forma, complementando a sua segurança contra tais investidas.

 

Se a empresa está apta a lidar com o ataque, o vírus não trará mais do que um desconforto. É claro que para estabelecer todos esses recursos e estratégias é preciso contar com quem realmente entende do assunto e pode oferecer um serviço de qualidade para a rede do seu negócio. O compromisso da Netcenter é levar as melhores soluções para a gestão de sua infraestrutura, minimizando riscos e conquistando bons resultados.

 

E aí, gostou das nossas dicas? Conheça nossas soluções ou fale com um de nossos consultores e saiba mais sobre como podemos auxiliar o seu negócio.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.