4 motivos para fazer um inventário de TI já!

4 motivos para fazer um inventário de TI já!

 

À medida que as novas tecnologias surgem, as mais diversas empresas começam a se adaptar para receber a mais nova ferramenta do mercado que vai ajudar a resolver algum problema de forma milagrosa. Foi assim com o surgimento dos PCs, notebooks, tablets, drones e essa corrida vai continuar com o surgimento de equipamentos que prometem solucionar questões específicas de cada empresa.

No entanto, sem uma gestão eficiente na área da Tecnologia da Informação, muitas vezes, as ferramentas vão sendo descartadas em vez de serem agregadas às novidades que vão chegando. Você sabe o número de PCs ou notebooks que existem em cada setor da sua empresa? E os gadgets: quais e quantos são utilizados? E para qual finalidade?

Essas perguntas podem parecer óbvias, mas, se você hesitou para responder, é sinal de que está na hora de fazer um inventário de TI. No texto de hoje, vamos mostrar 4 benefícios de adotar esse tipo de sistema.

 

1. Conhecimento da sua empresa por meio do inventário de TI

Fazer um inventário de TI significa levantar quais são os hardwares e softwares, além de todos os recursos de tecnologia da informação utilizados pela sua empresa. Algumas informações são indispensáveis para que a equipe de TI possa diagnosticar a situação e propor soluções para um uso mais racional das ferramentas.

Esses dados incluem modelo e outras informações técnicas, número de série, estado de conservação, condições de garantia, data de início de uso, entre outras. Mais do que listar simplesmente os equipamentos, o inventário de TI permite conhecer a fundo a empresa, o fluxo de informações entre os setores e identificar gargalos tecnológicos que poderiam ser resolvidos com uma gestão adequada e eficiente no setor. Além disso, é fundamental que o inventário seja atualizado frequentemente.

 

2. Integração da TI

Sem um inventário de TI bem feito, fica praticamente impossível diagnosticar os equipamentos e verificar necessidades para que toda a malha tecnológica da sua empresa possa “conversar” entre si.

A criação de uma rede única, com todas os dispositivos de um mesmo setor conectados, pode ser uma saída fácil para economizar tempo no envio de um procedimento entre um funcionário e outro.

 

3. Controle da vida útil de seus aparelhos

Máquinas diferentes têm tempos úteis de vida diferentes e monitorar esses dados pode ser fundamental para economizar recursos e saber a hora certa de substituir aquela plataforma que ficará defasada em pouco tempo. O inventário de TI ajuda a monitorar a data de fabricação e a vida útil dos equipamentos utilizados em uma empresa, o que facilita o controle desses aparelhos.

É ponto de concordância entre os técnicos a importância de realizar uma manutenção preventiva dessas ferramentas, ou seja, um monitoramento das condições das máquinas antes mesmo de elas apresentarem algum defeito.

Antecipar o diagnóstico de problemas pode significar uma intervenção mais rápida e precisa, evitando toda a dor de cabeça que um dano sério poderá significar para o seu negócio.

 

4. Economia de tempo com o inventário automatizado

Dependendo do tamanho da sua empresa, é praticamente impossível que um técnico percorra máquina por máquina para viabilizar o inventário de TI. Isso demandaria um investimento de tempo e de dinheiro muito grande, o que poderia comprometer o andamento de projetos importantes. Uma solução para essa situação é apostar no inventário automatizado.

Com ajuda de um software, é possível mapear todos os dispositivos tecnológicos com maior facilidade e segurança, garantindo que os resultados contidos no balanço sejam confiáveis. Além de contabilizar os aparelhos, automatizar o inventário de TI impacta na execução de instalações e scripts para todo o sistema a partir de um único ponto, o que otimiza o tempo gasto com a tarefa.

E você? Já adotou o inventário de TI na sua empresa ou tem dúvidas sobre o assunto? Conta pra gente nos comentários.

 

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.